• (85) 3224.2025
  • (85) 98601.2353

3

ago

Entenda o Poder do Just In Time Para Seu Negócio

O método Just In Time (traduzido como ‘na hora exata’) pode ser o segredo para reduzir os custos de produção da sua empresa otimizando os resultados. Saiba que muitos negócios perdem boas oportunidades de crescimento simplesmente por não conseguir administrar os seus custos de operacionalidade, comprar mais insumos do que o necessário gera prejuízo e perda de competitividade.

O que é Just In time?

Como supracitado o termo em inglês Just In time pode ser traduzido como ‘na hora certa’ e se caracteriza por ser um sistema em que as matérias-primas são adquiridas no momento em que serão necessárias e na quantidade certa para isso. Um dos objetivos é diminuir os custos com estoque de materiais que podem demorar para ser usados. Os insumos chegam na hora certa para o uso sem sobrecarregar a produção e a expedição.

É interessante mencionar que essa metodologia tem origem no Japão na montadora Toyota. A organização do trabalho e a elaboração de um bom cronograma possibilitam ter menos prejuízos com compras desnecessárias e manutenção de áreas de estoque. Já parou para pensar que pode ser essa a grande barreira de crescimento da sua companhia?

Como funciona a metodologia Just In Time?

O tópico essencial do sistema Just In Time é ter uma produção focada na excelência e que não mantêm estoque. O planejamento deve considerar o tempo mínimo para o fabrico dos produtos de maneira que consiga estabelecer uma lógica de aquisição de matérias-primas dentro de um cronograma factível. Todo o sistema produtivo é impactado por essa metodologia que se reflete no design dos produtos, na forma como os colaboradores trabalham cotidianamente e no controle de qualidade.

A produção adota um fluxo mais suave em que há mais tempo para o fabrico de cada produto de maneira a agregar mais valor. Para a organização representa a possibilidade de reduzir significativamente os seus custos inclusive com energia e água, pois se trabalha em menos tempo.

Quais são os impactos do Just In Time para o seu negócio?

Para quem gostou da ideia de adotar um sistema de aquisição de matérias-primas no momento e quantidade certos para a produção vou apresentar os principais impactos positivo que o empreendimento pode ter.

1 – Uso mais assertivo do espaço

Às vezes você tem a impressão de que a sua empresa não tem espaço suficiente para realizar as suas atividades corporativas? Saiba que isso pode ser resolvido com o método Just In Time, uma vez que diminui o espaço que precisa ser utilizado para armazenar matérias-primas e produtos finalizados. O estoque pode se tornar um problema se tomar um espaço que poderia ser útil e lucrativo de maneira diferenciada pelo seu empreendimento.

2 – Controle do fluxo de caixa

Companhias de pequeno e médio porte costumam enfrentar dificuldades para a formação de um caixa robusto para a aquisição de uma grande quantidade de matérias-primas antecipadamente. Dessa forma o Just In Time costuma ser uma excelente alternativa uma vez que permite comprar quantidades menores e em certos casos com pouca frequência. O fluxo de caixa será bem mais facilmente controlado dessa forma.

3 – Redução de custos

A manutenção do estoque (de insumos e de produtos finalizados) gera uma série de custos, pois há a necessidade de manter esses elementos dentro dos padrões de qualidade. Algumas organizações acabam tendo prejuízos significativos pela perda de produtos finalizados que acabam estragando no estoque. Dessa forma o Just In Time proporciona redução de custos de manutenção e de chances de prejuízo pela perda de itens finalizados.

Quais os principais riscos do Just In Time?

Como toda e qualquer estratégia, o Just In Time, também pode apresentar alguns riscos para as companhias que decidem adotá-la como metodologia. Abaixo vou explicar quais são esses riscos e como contorná-los.

1 – Fornecedores que não cumprem prazos

Ao passar a trabalhar com a filosofia de adquirir somente o necessário no momento em que se irá produzir se torna imprescindível contar com fornecedores responsáveis e que estejam prontos para atender aos chamados da sua companhia com pontualidade. Se os fornecedores atuais não conseguem cumprir os prazos é recomendável fechar novas parcerias antes de adotar esse sistema para a sua produção.

2 – Falta de entendimento dos colaboradores

Os funcionários da sua organização, em especial os que atuam na produção, precisam estar a par dessa mudança de filosofia. Se os colaboradores não entendem o ritmo de produção podem não se comprometer apropriadamente ao surgir uma demanda. Promova o diálogo com os seus funcionários de maneira que eles também se tornem agentes dessa mudança.

3 – Planejamento

A palavra-chave para o sucesso da metodologia Just In Time é planejamento, a sua companhia precisa ter a compreensão de quais são os períodos em que vende mais e em que vende menos para ter planos de ação para resolver as variações de demanda. Cuidado para não perder boas chances de sucesso.

Fonte: Marcus Marques