• (85) 3224.2025
  • (85) 98601.2353

4

ago

Canais digitais: Quais os benefícios de cada um e como escolher

Você já parou para pensar na diversidade de canais digitais disponíveis para utilizar em sua empresa? Devido à variedade, muitos empresários ficam em dúvidas sobre quais escolher.

Afinal, como saber qual é o que vai gerar melhores resultados para o seu negócio, não é mesmo? A gente sabe a quantidade de fatores que podem influenciar a atração e fidelização de clientes, e que é preciso inovar nas estratégias de marketing para obter um retorno mais satisfatório.

Porém, é de extrema necessidade ficar por dentro dos diferenciais de cada canal para conhecer a especificidade de seus benefícios e fazer a escolha mais assertiva. Afinal, pensar em ações inovadoras e oferecer produtos ou serviços de qualidade é essencial, mas não vai adiantar muito se você não pensar na melhor forma de fazer o que você vende chegar até os seus clientes. 

Pensando em ajudar você, vamos listar os principais canais de marketing digital para você conhecer o potencial de cada um e aplicar em sua empresa. Quer saber mais? É só acompanhar a leitura com a gente!

1.Mídias sociais

Um dos canais mais conhecidos por todos é a rede – ou mídia – social. Utilizadas por várias pessoas, ao redor do mundo, as redes são um dos passos essenciais para garantir a presença online da sua empresa.

Alguns empreendedores ficam em dúvida sobre quais devem usar: não existe resposta certa ou errada, mas o recomendável é focar nas que o público do seu negócio mais se encontra. Por meio das redes sociais, é possível obter mais destaque para os seus produtos ou serviços, além de facilitar o processo de conhecer mais quem é o seu público, analisar métricas de engajamento e alcance, atrair novos consumidores, humanizar sua marca, construir autoridade no mercado e manter um bom relacionamento com os clientes.

Vale ressaltar que as mídias sociais funcionam ainda mais quando você faz link com os outros canais de venda, como o site e blog da sua empresa, para converter leads e aumentar as vendas.

2.E-mail marketing

Quem disse que o e-mail é uma mídia ultrapassada? Quando uma empresa utiliza boas estratégias em seu e-mail marketing, os resultados são surpreendentes. De acordo com uma pesquisa da Radicati Email Statistics Report, o número de usuários de e-mails deve chegar aos 3 bilhões em 2020; e, segundo a Ascend2, 76% dos profissionais de Marketing percebem crescimento constante na sua base de e-mails.

Apesar de ser um dos primeiros meios de realizar a comunicação digital para muitas pessoas, o e-mail marketing continua sendo referência para engajar o público, compartilhar conteúdos, efetuar a segmentação de clientes na jornada de compra e converter vendas, com um ótimo custo x benefício.

3.Tráfego Direto

Você já ouviu a palavra da importância de ter um espaço próprio na internet? As mídias sociais podem ajudar bastante a impulsionar seus produtos ou serviços, mas ter um site é fundamental para linkar seus outros canais e ter um ponto principal de referência e contato, a fim de poder personalizar de acordo com a identidade da sua empresa e gerar mais segurança e credibilidade aos consumidores.

O tráfego direto acontece quando o usuário já conhece sua marca e, então, digita a URL do site da sua empresa diretamente no navegador. Isso também pode acontecer em casos de indicações ou de retorno ao site.

Portanto, é fundamental pensar em estratégias para aumentar esse tráfego, compartilhando o seu site em diversas mídias e gerando conteúdos que destaquem o endereço virtual da sua empresa, como ponto de apoio a todos os outros canais. Outra dica é sempre atualizar seu site, com conteúdo rico e atrativo, e novas informações, para que os usuários possam ter mais interesse, indicar para mais pessoas e retornar com frequência.

Ah, além de atualizar constantemente, é preciso realizar a manutenção constante do site, prezando pela experiência do usuário, para garantir que o site tenha mais visualizações. Você também pode usar o Google Analytics para conferir as atualizações, analisar as métricas e acompanhar o tempo de permanência dos usuários. Isso pode gerar insights para você pensar em novas transformações e alcançar resultados ainda melhores.

4.Mídia Paga

Provavelmente você já viu anúncios na internet ou o termo “patrocinado” junto a um texto ou uma imagem, não é? Utilizar a mídia paga no meio virtual é uma ótima forma de conseguir mais resultado em menos tempo. Você pode fazer isso por meio de anúncios em mídias sociais, links patrocinados no Google ou redes de display em espaços de outros sites.

Porém, para conquistar o retorno almejado, evitando falhas ou prejuízos financeiros, é importante se planejar com antecedência e fazer uma boa segmentação. Conhecer bastante as personas da sua empresa e o que você deseja alcançar com determinada campanha também é essencial para se destacar perante outras empresas no mercado e obter melhores oportunidades.

5.Busca Orgânica

A busca orgânica – ou o tráfego orgânico – acontece quando a sua empresa está colocada em ótimas posições nos mecanismos de busca, sem precisar pagar por isso. 

Para conquistar esse posicionamento tão almejado e, dessa forma, ter mais facilidade para atrair novos usuários aos seus canais de venda, é importante investir em Marketing de Conteúdo e também nas famigeradas técnicas de SEO (Search Engine Optimization) – utilizadas para melhorar o posicionamento nos sites de pesquisas. 

Isso parece ser um grande desafio, até porque não é fácil competir com várias outras empresas na primeira página do Google. mas ao trabalhar com as palavras certas e realizar uma produção de conteúdo de qualidade, você tem mais chances de conseguir isso e obter resultados incríveis para o seu negócio, alcançando mais clientes, aumentando as vendas e se tornando autoridade no mercado.

Conclusão

Como falamos anteriormente, cada canal tem suas particularidades e não há escolha certa ou errada: o importante é conhecer cada uma delas e entender, principalmente, o que sua empresa precisa em determinado momento.

Ao saber mais os benefícios que cada canal pode oferecer, analisar as personas da sua empresa, avaliar quais estratégias geram bons resultados e quais podem ser transformadas, além de identificar possíveis metas para o seu negócio, é hora de escolher o seu combo de canais, mesclando suas possibilidades e testando os resultados. É importante lembrar de fazer o devido monitoramento de cada processo e mudar a estratégia sempre que for necessário para garantir mais assertividade em suas ações. 

Esperamos que nossas dicas tenham ajudado você! Acesse nossas redes sociais para ficar por dentro das novidades: Facebook, Linkedin e Instagram.