• (85) 3224.2025
  • (85) 98601.2353

7

jul

30 Termos que todo profissional de RH deve saber

Os profissionais de Recursos Humanos (RH) devem ter amplo conhecimento dos termos utilizados em sua área de atuação. Esse é um segmento que possui praticamente um dialeto haja vista o surgimento quase diário de novas terminologias, muitas delas fazendo uma combinação entre termos em inglês e palavras em português. Conhecer os termos e seus significados é bem relevante.

Confira 30 termos que todo profissional de RH precisa conhecer

A seguir elaborei uma lista com 30 termos e seus significados que devem ser conhecidos por todos os profissionais da área de RH.

Absenteísmo – Refere-se às faltas e ausências dos colaboradores.

ASAP (as soon as possible) – É uma sigla que se refere a frase ‘o mais rápido possível’, bastante utilizada quando se deseja imprimir senso de urgência nos colaboradores.

Avaliação 180 graus – Nessa avaliação o subordinado é avaliado pelo gestor e outros envolvidos como clientes e colegas.

Avaliação 360 graus – Uma avaliação em que todo mundo participa da avaliação independente do nível hierárquico.

Avaliação 90 graus – Tipo de avaliação em que o gestor avalia os seus subordinados sem contrapartida.

Benchmarking – Pode se referir a uma avaliação interna dos processos ou uma avaliação dos processos da concorrência visando melhorar a atuação da companhia.

Break even point – Trata-se do ponto de produção ou venda que determina o início da lucratividade de um empreendimento.

Burnout – Condição de estresse extremo em que o indivíduo apresenta esgotamento físico e mental. O número de profissionais acometidos por esse problema tornou o termo relevante para o RH.

CEO (Chief Executive Officer) – O CEO é o principal diretor da empresa, o cargo mais elevado dentro da hierarquia.

Clima organizacional – Conjunto de ações e valores adotados pelo colaborador dentro da companhia.

Complicance – Termo bastante em pauta se refere à criação de um conjunto de regras da própria empresa para evitar que sejam estabelecidos quaisquer tipos de irregularidades legais devido às funções assumidas pelos colaboradores e/ou clientes atendidos.

Downsizing – Diminuição de níveis hierárquicos dentro da organização com o objetivo de torná-la mais dinâmica e efetiva.

Dumping – Estratégia desleal adotada por uma companhia para eliminar a concorrência. Por exemplo, vender um determinado produto com preço abaixo do valor de mercado para quebrar outra marca.

Empowerment – Metodologia em que os colaboradores recebem mais autonomia para tomar decisões de maneira a assumirem mais responsabilidades dentro da companhia.

Endormarketing – Marketing realizado internamente para promover a motivação entre os funcionários.

E-recruitment – Uso de ferramentas online para realizar o processo de recrutamento de profissionais. Uma metodologia cada vez mais comum entre empresas de todos os portes.

ERP – Softwares utilizados para realizar a integração dos diferentes setores das companhias.

Feedback – Termo que define a avaliação de um colaborador seja por uma atividade específica ou por um período inteiro de trabalho. O feedback é uma ferramenta muito importante para avaliações mais criteriosas dos funcionários.

Headcount – Termo que se refere a quantidade de indivíduos que compõem uma equipe ou o número de colaboradores de uma organização.

Headhunter – Conhecidos como caçadores de talentos são profissionais especializados em encontrar funcionários perfeitos para os cargos em aberto das companhias. Nesse caso a lógica se inverte e é a companhia quem vai atrás do talento.

Intrapreneur – Refere-se a colaboradores que atuam coordenando negócios internos de tal forma que são considerados como empreendedores internos, quase como se estivessem à frente de uma companhia em separado.

KPI (Key Performance Indicators) – Indicadores usados para mensurar a assertividade de um processo ou projeto.

Mentoring – Processo de mentoria em que um indivíduo que possui mais experiência acompanha outro menos experiente com o objetivo de torná-lo mais preparado para os desafios que irá enfrentar.

Onboarding – Processo voltado a receber os novos funcionários com mais efetividade apresentando a eles a estrutura corporativa e as suas funções. É uma maneira de tornar essa etapa menos problemática e incentivar uma melhor assimilação pela equipe.

Outsourcing – Método para obter recursos humanos usando ferramentas externas.

PDCA – Essa sigla é formada pelos seguintes termos em inglês: Plan (planejamento), Do (executar), Check (verificar) e Act (agir). É um método focado em melhorar processos.

Performance Management – Diz respeito a criação de um sistema coeso de avaliação de desempenho e feedbacks de uma organização.

Stock options – Modalidade em que colaboradores de uma empresa podem adquirir ações da mesma, geralmente com preços mais competitivos do que os praticados no mercado.

Turnover – É o mesmo que rotatividade, ou seja, a taxa de admissões e demissões. Quando o turnover está alto indica que a companhia tem dificuldade de reter seus funcionários, o que pode ser problemático tanto pelos custos dos processos seletivos como por perder funcionários com conhecimento sobre a organização.

Workaholic – Termo que se refere ao funcionário viciado em trabalhar.

Fonte: Marcus Marques